quinta-feira, 28 de julho de 2011

Mágico do amor


    OLHE dentro da cartola que trago, olhe bem fundo, vê algo? Mesmo não vendo, peça o que você quer!  Darei dentro das minhas vontades, deseja um grande amor?  Posso dar a você! Quer uma aventura? Isso é a mais fácil das minhas mágicas. Não seja tímido, peça o que você deseja não pouparei em fazer seus caprichos, sua vontade embevecida. Queres a carta da paixão? Ou a sorte da ilusão? A coragem de um guerreiro, ou a arrogância de um rei? Seja destemido, o impossível eu já fiz por poucos, o possível só foi para diverti às pessoas, você quer amar loucamente? Farei o seu desejo realizar. Deixa-me ver o que tenho na minha cartola que tire a sua indecisão, vejamos...  Tenho um mundo de ilusão, a caixa das perguntas, dos caprichos da razão. O mais importante, tenho, que é o meu coração.
Vou vendar os seus olhos, deixo a você a minha confiança, quero levar você as minhas magias, meus encantamentos, confiem em mim, escolha qualquer carta do baralho, guarde-a, pois irá precisar dela, nela contem nossa historia e mostra quem eu sou. Venha comigo neste mundo repleto de perigos mágicos, ilusões reais, truques para embromar a infelicidade. Vou fazer mágicas, para nossa felicidade seja eterna, envolvente a ponto de desaparecermos da platéia da vida, de levitarmos sobre as nuvens, levando você ao ápice da insanidade. Retire os seus medos, as suas duvidas, não fique encabulado com as mágicas praticas e o meu domínio que tenho com a ilusão, somente, mergulhe na emoção.
    Não sinta mais o chão, perca a cabeça, prendo suas mãos, continue com os olhos vendados, pois vou mostrar você à magia de está embriagado, anestesiado pela bebida da sedução. Vou penetrar sua alma com minha magia, vou invadir sua mente, navega por suas moradias emocionais. Vou enganar sua razão, confundi sua emoção, mostrar que sou invendável, que não tenho noção do perigo em desafiar o amor. Mágicas não irão faltar, quanto a suas declarações, vou aceita-lás, mas irei esfarelar e jogar ao vento, pois sou cheio das ilusões sarcásticas. Saiba que ficará confuso desvairado para entender minhas palavras mágicas, pois ofuscarei até sua compreensão, deixando vagando pela euforia da emoção. Entre no meu mundo mágico, enigmático, aprenda um pouco da minha magia e entenderá que os olhos não são o segredo para conhecer-me, você terá que compreender as mágicas das minhas parábolas, do misticismo dos meus encantamentos. Seja sábio, não asno em querer ver as profundezas dos meus olhares, pois o que faz de mim mágico, não são somente minhas palavras, é a magia que me trouxe a vida, que ensinou-me tão cedo a arte de despertar nas pessoas a mera paixão, das facetas da manipulação. Tem algo mais que queira ver? Esqueci! Vendei os seus olhos.
   Você não tem noção de onde eu o levei, aonde eu prendi você, os lugares que transportei, dos refúgios que não poderia escapar. Tudo que aprendi, foi envolver as pessoas em minha mágica, fazer com que elas acreditem em palavras mágicas. Agora, tire sua venda, e veja que a meu maior truque, foi desaparecer da sua vida.  Deixo contigo a carta que escolheu e veja o que deixo de mim, o coringa que mora em minhas mágicas emoções.