quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Tempo de ser feliz!




Saímos da penumbra e do frio que nos aquietava. Chegamos à estação, onde as pessoas saem do esconderijo dos seus grandes agasalhos e principalmente dos sentimentos que ficaram congelados. Tiramos o sofrimento que nos fazíamos frios e tornamos felizes e mais dispostos a amar, as arvores dançam perante a brisa, as flores abrocham ao sol resplendoroso, os pássaros entoam cânticos espontâneos e nós, seres humanos, estamos encorajados e fortes para sermos felizes, levantamos com fôlego de vida com esperança aflorada e cheia de químicas que a própria primavera nos dá de presente. Esquecemos os tempos de frio, que nos afugentava das pessoas. Acordamos com o belo sol, que a nuvem não o esconde, as roupas, estão mais coloridas e cheias de vida, resplandecem e entoa o prazer que a primavera nos traz. A esperança como sempre, chega mais rápida, querendo trazer o sentido da vida nesta estação; No emaranhado de pessoas, as fisionomias nos faz interpretar o encanto que nos faz envolventes.
A natureza nos presenteia, com cores exuberantes e o aroma que sai das arvores do bendito fruto que cai dos galhos. Também é uma boa oportunidade para tentarmos começar de novo, quando, deixamos que o inverno parasse os nossos planos e sonhos que idealizamos. O sentido verdadeiro que a primavera nos traz, é único, NUNCA PARAR DE LUTAR, TUDO PASSA ATÉ O INVERNO EM NOSSAS VIDAS.